Mudar Língua pt Planeie a sua estadia

Pestana Rovuma. Um regresso ao passado

Fachada do Hotel Rovuma em Maputo, Moçambique

Parte essencial da história da família Pestana, o Pestana Rovuma é um grande hotel no centro de Maputo, em Moçambique.

Quarto e vista do Hotel Rovuma em Maputo, Moçambique

Em 1995, duas gerações reuniram-se em Maputo para espreitar o passado. Manuel Pestana tinha construído, nos anos 70, o Prédio Funchal na baixa da capital moçambicana, mas com a independência e a guerra civil, o filho, Dionísio, não tinha chegado a conhecer a obra do pai. O prédio tinha sido entretanto rebatizado Edifício Rovuma, nome do maior rio do país e a sua fronteira a norte. Além do nome, em 1995, o edifício tinha outro elemento surpresa para pai e filho: era a sala de reuniões da missão de paz das Nações Unidas, que chegou a Moçambique com o fim dos conflitos e os acordos de Roma, em 1992.

Maputo

O mundo parecia confluir para a rua da Sé. Havia carros aparatosos e blindados, capacetes azuis, governantes, doadores e investidores internacionais. Dionísio e Manuel Pestana não se distraíram do objetivo: a visita era funcional, queriam que naquele edifício de apartamentos e escritórios nascesse um hotel, o primeiro da internacionalização do grupo. Enquanto se cruzavam nos corredores com quem estava a escrever a História, pai e filho pensavam nas obras futuras, no que fazer do majestoso terraço, e confirmavam o potencial da vista para a catedral e para a baía de Maputo, lá bem ao fundo.

Algum tempo depois, a família Pestana assinou a concessão do edifício. Em 1996, o antigo Prédio Funchal transfigurou-se – e o renovado Pestana Rovuma abriu as suas portas.

Fachada do Hotel Rovuma em Maputo, Moçambique

Pestana Rovuma

Um hotel em Moçambique que é também uma parte essencial da história da família Pestana.

Faça a sua reserva