Mudar Língua pt Planeie a sua estadia

Pousada Queluz

Quarto da Pousada Queluz

Um pequeno Palácio de Versalhes. Assim é o Palácio de Queluz, construído no século XVIII, como materialização da Lisboa que queria ser francesa. De estilo Rococó, foi edificado como palácio de verão – onde a corte assistia a serenatas e espetáculos de fogo –, mas passou a residência permanente da família real em 1794, até à fuga para o Brasil, em 1807.

Fachada da Pousada Queluz

De frente para o faustoso palácio estão a Torre dos Sinos e do Relógio e o edifício adjacente. Da autoria do arquiteto e sargento-mor Manuel Caetano de Sousa, a edificação funcionava como uma extensão do próprio Palácio de Queluz, exatamente com as mesmas linhas e cores na fachada. O objetivo principal era albergar os funcionários do palácio, mas o espaço acabou por servir também de armazém e até de sala de espetáculos, com o teatro pessoal da rainha ali instalado.

É precisamente neste lugar que, em 1995, nasceu a Pousada Queluz (ou Pousada D. Maria I, como é originalmente conhecida). Vista de fora, é pequena e discreta – pelo menos em comparação com o imponente palácio, do lado de lá do largo. Por dentro, no entanto, está cheia de pormenores requintados que remetem para o século das luzes. As obras de adaptação levaram perto de três anos e foram substanciais. A ala dos quartos, por exemplo, foi praticamente feita de raiz. São 26, de diferentes tipologias, com destaque para as duas suítes – uma mais romântica e outra mais pensada para famílias, com a possibilidade de colocar duas camas adicionais. Mas mesmo os quartos standard são bastante amplos, e todos partilham a mesma decoração: tetos amadeirados, pavimentos alcatifados, casas de banho em mármore e pinturas no lugar das sancas – uma réplica das pinturas originais, presentes em boa parte da pousada.

É ainda de notar a escadaria em mármore que dá acesso aos quartos: sendo dos anos 90, está perfeitamente integrada no conjunto. No andar de baixo, ficam, logo depois da receção, as salas de estar e de jogos, a sala do pequeno-almoço e o bar, que combina elementos dourados, em pele e em pedra, com um toque retro que dá vontade de ficar por ali a espairecer e a beber um copo, enquanto se pensa em tudo aquilo que D. João VI deixou para trás ao escapar das tropas de Napoleão.

Detalhe do quarto da Pousada Queluz

Pousada Queluz

Um pequeno Palácio de Versalhes, a 20 minutos de Lisboa.

Faça a sua reserva