Mudar Língua pt Planeie a sua estadia

Pestana Carlton. Onde tudo começou

Pestana Carlton Madeira

De volta à ilha que o viu nascer, o empresário Manuel Pestana concretiza um dos sonhos da sua vida: a 20 de novembro de 1972, abre portas o Pestana Carlton Madeira, com vistas infinitas sobre a baía do Funchal.

Chovem pétalas de flores da Madeira, improvisa-se um balcão para mariscos sobre um barco de pesca, empregados vestidos com traje de florista servem champanhe e acepipes entre carros de bois, âncoras e faróis de sinalização marítima.

A 20 de novembro de 1972, Manuel Pestana vê o chefe de Estado, Américo Tomás, inaugurar com uma tesoura de ouro e pedras preciosas o hotel de luxo que construiu na terra onde nasceu. Minutos antes, recebera dessas mesmas mãos a comenda da Ordem de Mérito Agrícola e Industrial.

Comentam alguns dos presentes que tanto Manuel Pestana como a mulher, Caridade, se emocionam mais do que uma vez. É um sonho realizado ao cabo de várias décadas de trabalho árduo.

Com projeto do arquiteto Júlio Semião e vistas infinitas sobre a baía do Funchal, o moderno resort Pestana Carlton Madeira ergue-se no lugar ocupado desde 1898 pelo clássico Hotel Atlântico, que ambos cresceram a admirar. As obras prolongam-se por quatro anos. Abre com mais de 300 quartos e gestão da prestigiada cadeia norte-americana Sheraton, apenas uma das muitas decisões que farão deste edifício uma história de sucesso e a primeira pedra de um grande grupo hoteleiro.

Alma, Resiliência e Rigor

Quando em 1976 aterra no Funchal, Dionísio Pestana tem 24 anos, sotaque sul-africano e uma licenciatura recente em Gestão de Empresas. O único filho de Manuel Pestana vem tentar salvar o investimento da família. Apesar de distante do epicentro da revolução que acabou com 41 anos de ditadura, também os ventos de mudança chegaram ao pacato refúgio madeirense. 

Dionísio encontra um hotel em crise. Com apenas dois anos de vida, as taxas de juro do empréstimo subiram para os 28 por cento, a confiança na economia portuguesa cai a pique e os turistas estrangeiros hesitam em rumar ao arquipélago. Com o pai dedicado aos negócios em Joanesburgo, este será porventura um dos desafios mais difíceis da sua vida, mas também um dos mais bem-sucedidos. No início da década de 1980, de pedra e cal à frente da empresa, o jovem visionário lança a expansão da marca.

Aos 50 anos de vida, o Pestana Carlton Madeira representa não só o início de um grande grupo hoteleiro, mas também a alma, a resiliência e o rigor que o caracterizam. Alvo de uma renovação profunda em 2008, conta hoje com a hospitalidade de sempre e ainda 486 quartos remodelados (291 no hotel e 195 em regime de timeshare no Madeira Beach Club), incluindo 36 suítes, três restaurantes, dois bares, spa, cinco piscinas, centro de mergulho e acesso direto ao mar.

Pestana Carlton
Madeira

O primeiro hotel daquele que viria a ser um grupo com mais de 100 hotéis.

Faça a sua reserva